Por que tomar chá faz bem?

Todo mundo fala em tomar chá e em quanto isso faz bem. Infusão disso, infusão daquilo… O que é bom pra quê? Vamos começar a analisar aqui no blog os benefícios de diferentes ervas. E, pra começar, vamos com chá, Camelia sinensis.

Para analisar essa bebida milenar, ninguém melhor do que os próximos chineses, que possuem 5 mil anos de experiência com a bebida. 🙂 Quando estava viajando pelo interior da China, tive o privilégio de visitar o Museu Nacional de Chá da China, em Hangzhou. Digo com convicção que é um dos melhores do mundo. E olha que visitei museus de chá na França, na Inglaterra, na Tailândia, na China e em Taiwan! 🙂

O que tem no chá? Por que tomar chá faz tão bem? Aqui seguem os principais componentes dos diferentes tipos de chá.

 

folhas cha peq

Plantação de chá em Çifteköpru, interior da Turquia.

 

CATEQUINAS (POLIFENÓIS)

Catequinas são polifenóis antioxidantes, que são substâncias que combatem os radicais livres. Os radicais livres são os “vilões” que danificam as células do corpo e o DNA. São famosos por acelerar o processo de envelhecimento e desenvolvimento de doenças como o câncer. Por isso, ao tomar uma xícara de chá, você está tomando também polifenóis, e está neutralizando os radicais livres. Por isso, o chá inibe o desenvolvimento de células cancerígenas, e é anti aging. Você toma mais chá e fica lindo e saudável por mais tempo. Nada mal!

Os polifenóis também são responsáveis por diminuir a pressão sanguínea e reduzir a a aterosclerose, que é o acúmulo de gordura na parede das artérias.

Entre todos os tipos de chá, o chá verde é o que possui mais polifenóis. A quantidade de polifenóis é inversamente proporcional ao grau de oxidação da folha de chá. Ou seja, o chá verde, que é 0% oxidado, possui muito mais polifenóis que o chá preto, que é 100% oxidado. Com relação à colheita do chá, os chás de verão e outono possuem mais polifenóis que os chás de primavera.

 

provando cha verde peq

Provando um Long jing, um dos chás verdes mais famosos da China. No mercado de chás, em Xangai, China.

 

POLISSACARÍDEOS

Os polissacarídeos presentes no chá aumentam a imunidade do corpo. Também reduzem o açúcar e a gordura do sangue (colesterol). Por isso, beber chá auxilia no tratamento de diabetes. Esses polissacarídeos ainda colaboram na prevenção contra coagulação do sangue e trombose. Também auxiliam na redução da aterosclerose.

O oolong é o chá que possui esse tipo de polissacarídeo em maior concentração, e fica à frente do chá preto ou do chá verde. No arbusto de chá, as folhas mais velhas são as que mais possuem polissacarídeos.

oolong tea leaves

À esquerda, diferentes variedades de folhas de Oolong. À direita, folhas da subespécie Camelia sinensis assamica.

 

TEAFLAVINA

A teaflavina também é um tipo de polifenol antioxidante, que é desenvolvido durante o processo de oxidação das folhas de chá. Por isso, essa substância é encontrada principalmente no chá preto, e em menores quantidades no chá escuro, no oolong e no chá amarelo. A teaflavina possui características semelhantes às dos polifenóis descritos no início desse post.

 

FLUORINA

A fluorina é uma substância que ajuda na proteção dos dentes e prevenção contra cáries. O chá (Camelia sinensis) tem mais fluorina que qualquer outra planta. Em um arbusto de chá, as folhas velhas possuem mais fluorina que as novas. Na hora de fazer a infusão, quanto maior a temperatura da água, mais a fluorina vai se dissolver na água.

 

TEANINA

A teanina é o “ingrediente mágico” do chá que conquista a todos que o tomam. É um aminoácido que proporciona relaxamento, reduz stress físico e mental. É, ao mesmo tempo, estimulante cardíaco e traz animação quando sua energia está baixa.

two leaves and a bud peq

Duas folhas e um botão é só o que se usa para fazer o chá que você bebe! (com poucas exceções)

 

AMINOÁCIDOS

O chá possui certos tipos de aminoácidos que: melhoram a memória, diminuem a pressão arterial e equilibram a flora intestinal. Os chás da colheita de primavera possuem mais aminoácidos que os chás da colheita de verão.

 

VITAMINAS

Os chás possuem vitamina C e vitaminas do complexo B. Elas são as responsáveis pelas propriedades anti-oxidantes e auxiliam na prevenção de problemas digestivos e também de problemas oculares.

 

Para maiores informações e posologia, consulte seu nutricionista.

 

 

Fontes:

– Museu Nacional do Chá, Hangzhou, China

– Tea Classified. PETTIGREW, Jane & RICHARDSON, Bruce.