Doi Mae Salong e a primeira vez que andei de moto / and the first time I rode a motorcycle

Yes, that’s me. I had to ride a motorcycle because it was the only way to go to a tea farm I wanted to visit. No, I had never riden a motorcycle before. Yes, I’m crazy. 🙂

Sim, eu mesma. Tive que pilotar uma moto porque era a única forma de chegar em uma plantação de chá que eu queria visitar. Não, eu nunca tinha pilotado uma moto antes. Sim, eu sou louca. 🙂

dani e sua harley

Super duper happy when i found a tea farm after 20 minutes riding a motorcycle for the first time in my life. ❤

Doi Mae Salong is a chinese village in the North of Thailand. After the Second World War, lots of chinese people went from China to Taiwan. And some of them went from Taiwan to Doi Mae Salong, in Thailand. They brought the tea culture from these countries. that’s how tea first came to Thailand. Pretty, isn’t it?

Doi Mae Salong é um vilarejo chinês no norte da Tailândia. Depois da Segunda Guerra Mundial, muitos chineses foram da China para Taiwan. E alguns deles foram de Taiwan para Doi Mae Salong, na Tailândia. Eles trouxeram a cultura do chá desses países. Foi assim que o chá chegou na Tailândia. Lindo, não?

doi mae salong

 

Pretty, but far. Doi Mae Salong is about 1h from Chiang Rai. It’s in the top of the mountains. So, to get there, you need to take a bus from the city, then change to a luxury tuk-tuk. It’s a sort of a mini-truck with some covering behind, with seats by the sides. There is no door, the back of it is open. No, no seat belts. And the road is hardcore and it’s up the hill. You can actually fall like a pack of potatoes I’ve seen rolling down the luxury tuk-tuk and down the road. Bye,bye, potatoes! Thank Buddha it wasn’t me!

Lindo, mas longe. Doi Mae Salong fica há aproximadamente 1h de Chiang Rai. Fica no alto das montanhas. Então, pra chegar lá, você precisa pegar um ônibus da cidade, daí trocar por um tuk-tuk de luxo. É uma caminhonete com cobertura atrás, com assentos dos lados. Não tem porta, os fundos são abertos. Não, não tem cinto de segurança. E a estrada é hardcore e subindo a montanha. Na verdade, você pode cair que nem um pacote de batatas que eu vi rolando pra fora do tuk-tuk de luxo e rolando estrada abaixo. Adeus, batatas! Graças a Buda que não era eu!

safe luxury tuk tuk

Once you get safely to the top of the mountain, you’re in the village, but NOT IN THE TEA FARMS. “Excuse me, how can I go to the tea farms? Is there a bus or a tuk-tuk?”. “No, no bus. Motorcycle! 100 bahts, one hour” (that’s 3 dollars, wow). And he pointed to a certain way. There was also the option of taking a taxi, but it would be expensive to walk around with a taxi and OMG, the bike was 3 dollars. Between something expensive and something adventurous… oh wait! I don’t even need to think about it! 🙂

Uma vez que você consegue chegar no topo das montanhas, você está no vilarejo, mas NÃO NAS PLANTAÇÕES DE CHÁ. “Com licença, como eu posso chegar nas plantações de chá? Tem algum ônibus ou tuk-tuk”. “Não, não tem ônibus. Moto! 100 bahts, uma hora.” (7 reais, uau!). E ele apontou em uma direção. Eu também tinha a opção de pegar um táxi, mas seria caro passear por aí com um táxi e Meu Deus, a moto era 7 reais. Entre pagar caro ou fazer uma aventura… peraí! Não preciso nem pensar! 🙂

P1310758

I stopped to take some photos by the road and a thai couple stopped right after me. They asked to take a picture with me and then they left. 🙂

 

So, challenge accepted! I went for my first motorbike ride. “Hello, I’d like to rent a motorcycle. The smallest one.” “Ok! This one! Do you know how to ride?” “Yeah, sure.” (Not really. But it couldn’t be much harder than a bike, right? A bike with motor, a motorbike!). So she gave me the keys and a helmet. I was impressed because she didn’t ask for any documents, she didn’t even ask for my name. It’s beautiful to see that people can actually trust each other in Thailand. It’s so safe here! 🙂

Então, challenge accepted! Fui andar de moto pela primeira vez. “Oi, eu queria alugar uma moto. A menor que você tiver.” “Ok! Essa aqui! Você sabe pilotar?” “Sim, claro.” (Na verdade, não. Mas não poderia ser muito mais difícil que uma bicicleta, né? Uma bike com motor, uma motorbike!). Então, ela me deu as chaves e um capacete. Fiquei impressionada porque ela não pediu nenhum documento, ela nem perguntou meu nome. É lindo ver como as pessoas confiam umas nas outras na Tailândia. É tão seguro aqui! 🙂

lawn mower guy

The tea farms there are soooo pretty it was totally worth the challenge! 🙂

 

I went up the bike and I couldn’t start it. The lady was looking at me with weird eyes. “It’s been like 4 years I don’t ride a bike, and they’re kinda different in my country.” U-hu! They’re different in my dreams! Hahaha I started it (she started it), and OMG, WHY IS THIS SHOP IN A HILL? It should be by a flat road. I choose up the hill, to start. Pull right hand to accelerate, easy, easy. C’mon, Dani, you can do it. Slow, nice and easy. You’re not afraid. It’s a bike with motor. One foot off the ground, still stepping with the other foot. In the middle of the street. Both feet on the bike. WOOOOO-HOOOOOO, I’M RIDING A MOTORCYCLE! It was a scooter, let’s not exagerate. But I felt like it was a Harley Davidson. 🙂

Subi na moto e não conseguia ligar. A mulher estava olhando pra mim com uma cara estranha. “Faz tipo 4 anos que eu não ando de moto, e elas são meio diferentes no meu país.” Ahammm! Elas são diferentes nos meus sonhos! Hahaha Eu liguei a moto (ela ligou a moto) e MEU DEUS, PORQUE ESSA LOJA É EM UMA SUBIDA? Deveria ser em uma estrada reta. Escolhi subir, pra começar. Puxa a mão direita pra acelerar, devagar, devagar. Vamos lá, Dani, você consegue. Devagar, devagarinho. Você não está com medo. É uma bicicleta com motor. Um pé fora do chão, ainda pisando com o outro pé. No meio da rua. Os dois pés na moto. UHUUUUUUUUUU, TÔ ANDANDO DE MOTO! Era uma scooter, não vamos exagerar. Mas me senti andando de Harley Davidson. 🙂

me and my harley

Me and my Harley Davidson! hahahahaha

Smiling and riding, in the way to visit my beloved tea farms. How poetic! But it was literrally an Asian Level first ride. First, because it was my first time. Second, because the streets in Thailand are left-hand traffic. My brain couldn’t get it. Felt like I’d crash into someone all the time. And third, because Mai Salong is in the mountains. Sooooo, up and down the hill. Up the hill is ok. But down the hill, just using the brakes and praying. Curves, so many curves. Even some cliffs. I was singing loud to myself (and to everyone else): BIKE BIKE BIKE, IT’S A BIIIIIIIKE, JUST A BIIIIIKE!

Sorrindo e pilotando, a caminho das minhas amadas plantações de chá. Que poético! Mas pra primeira vez, foi literalmente Asian Level. Primeiro, porque era a minha primeira vez. Segundo, porque as ruas na Tailândia são em mão inglesa. Meu cérebro não conseguia entender. Parecia que eu ia bater em alguém toda hora. E terceiro, porque Mai Salong é nas montanhas. Entãaaaao, sobe e desce montanha. Subindo, beleza. Mas descendo, só no freio e na reza. Curvas, muitas curvas. Até alguns precipícios. E eu cantanto alto pra mim mesma (e pra todo mundo): BICICLETA BICICLETA BICICLETA, É UMA BICICLEEEEETA, SÓ UMA BICICLEEEETA!

easy road

The road where I first rode a motorbike, oh la laaaaaa!

 

I was so excited and specially so relieved when I got to the tea farms! J Awesome experience! Tea, oh my dear tea, I’d do everything for you!

Eu tava tão empolgada e principalmente tão aliviada quando cheguei nas plantações de chá! J Experiência incrível! Chá, meu querido chá, faço tudo por você!

alice in wonderland

Like a maze from Alice in Wonderland!

 

Sawadee kha! See you on the next post!

Sawadee kha! Até o próximo post!

sawadee kha baby

Here the babies don’t wave their hands to say bye-bye, they put their hands together to say sawadee kha! Sooooooooo cute! ❤