Do arbusto até a sua xícara de chá – Processo de fabricação de chá – Parte 1

Çiftepugar é uma fazenda de chá. Fica no vilarejo de Çifteköpru. Além da nossa fazenda, aqui também tem muitas outras plantações de chá, assim como em muitas cidades de toda a região do mar negro (Rize, Trabzon, Hopa, Borçka, Artvin e outras).

diferentes folhas

Diferentes folhas de chá que achei na nossa plantação! 🙂 Embaixo, uma semente de chá e uma flor de chá! ❤

Aqui e em todas as plantações do mundo, existem três temporadas para colheita de chá*. A primeira, e de melhor qualidade, é logo no começo da primavera, assim que o inverno se vai. Na China e na Índia, acontece em abril. No Japão, em maio. Aqui na Turquia, entre metade de maio e começo de junho. A segunda temporada de colheita é no verão, dois meses depois da primeira colheita. A terceira colheita é no outono, dois meses após a segunda colheita.

irakly e temur

Eu cheguei aqui na terceira temporada, e agora vou explicar pra vocês como é o processo de colheita.

Aqui em Çiftepugar, trabalhamos por cinco dias. Durante dois dias, apenas eu, o Yasar e o Cemal. Nos outros três dias, o Yasar contratou quatro agricultores freelancers da Geórgia (você pode ler mais sobre esses meus queridos colegas de trabalho aqui.)

plucking

O processo é simples: basicamente, é só podar o arbustinho. A parte do chá que a gente toma é, ou deveria ser, apenas as duas folhas e um botão que brotam na pontinha de cada galho. Mas a forma como a poda é feita altera o resultado.

 

leaves bud

Para produzir chá de qualidade, só se utiliza as duas folhinhas de cima e o botãozinho do topo.

O instrumento utilizado para a poda aqui na Turquia é essa tesourinha da foto abaixo. Você corta e as folhinhas caem na redinha. Não é feito um controle para que apenas as duas folhas e o botão sejam colhidos. Vem o que vier.

tesourinha

Outros países utilizam formas diferentes para colheita. Na Argentina e em diversos países da África, por exemplo, são utilizados espécies de colheitadeiras, que aparam todos os arbustos na mesma altura. É um método mais grosseiro e que resulta em um chá de menor qualidade. Já na China, que é um dos países que produz chá de melhor qualidade no mundo, as folhas são cortadas com a mão, de uma em uma. Para produzir o delicioso e caro chá branco, apenas mulheres participam da colheita, utilizando luvas, e cortam minuciosamente cada folha com suas delicadas mãos. Para produzir chá branco, as folhas não podem ser danificadas, para que não oxidem. Esse é o porquê de tanto cuidado na colheita.

folha de cha

Da redinha da tesoura, as folhas de chá vão para grandes sacas. Para levar as sacas até a estrada, o Yasar desenvolveu um método. Ele e o pai dele, o Cemal, construíram uma espécie de tirolesa. Lá do alto da plantação, eles colocam os sacos, de três em três, e lançam para a boca da estrada. Lá, abriram uma enorme lona, onde foram espalhando o chá colhido. O chá não pode ficar muito tempo ensacado, pois sua temperatura sobe muito. O Yasar me disse que pode até chegar a causar um incêndio só do calor das folhas comprimidas.

tirolesa copy

sacos cha

cha sacao

Foi aí que acabou a nossa parte no processo de fabricação do chá. Um caminhoneiro e um inspetor da Çaykur (fábrica de chá que compra as folhas verdes do Yasar) vieram buscar o nosso chazinho. Saca por saca, pesamos tudo. E fomos colocando tudo no caminhão.

todos trabalhando

balanca

vizinha

O Yasar disse pra eu ficar lá em cima, pisando nas folhas. Tem que socar, socar, socar, pra fazer tudo caber. Eu, que tenho medinho de altura, super abstraí quando estava lá em cima das folhas, a 3m do chão, na beira do caminhão. Mas deu pra colocar tudo.

dani caminhao

Tirei foto de todo mundo, registrei cada momento. Aí, o caminhoneiro disse que queria ver a foto dele depois, posando no caminhão. Nunca achei que fosse pegar o Facebook de um caminhoneiro. Mas, pra tudo em a primeira vez nessa vida. hahaha

caminhoneiro amigo

Na Turquia, a grande maioria das plantações de chá não fabrica o produto, mas vende as folhas verdes para grandes fábricas de chá. A principal, e maior da Turquia, é a Çaykur. Eles não têm plantação própria, apenas compram o insumo e fabricam o produto. Eles pagam 1,3TL (aprox R$1,50) por quilo de folha verde. Mas compram uma quantidade limitada de insumo. Na fazenda do Yasar, que tem 6 acres, o limite é de 2 toneladas. O restante, ele vende para outras fábricas, que pagam apenas 1TL (R$1,20) por quilo. Fiquei muito triste em saber que eles pagam só isso. É muito, muito trabalho, por pouco retorno. Na colheita dessa temporada em que eu participei, colhemos 2,3ton de chá (minha parte deve ter sido no máximo uns 100kg hahaha). Isso significa menos de R$3.000, por tanto trabalho. Sem contar, que, três dias de serviço dos quatro agricultores da Geórgia, custaram 720TL (R$860). Ainda esse ano, na 1ª temporada, foram 4,5tons e, na segunda, 3 toneladas. No total, são 10 toneladas de chá por ano, o que dá um retorno de aproximadamente R$15.000. Pra manter 6 acres! Pensa!

dani like a boss

Realizei meu sonho! ❤

Foi aí que eu propus um novo projeto pro Yasar. Vamos tentar produzir chá artesanal. Se a nossa experiência der certo, ele pode vender 1kg por até 20TL (R$24)!!! Pensa na diferença! Como ele tem uma cabeça ótima, já se encantou com a ideia. Se tudo funcionar, no ano que vem, ele começa com produção própria de chá. J A ideia é começar com pouca quantidade, ampliar, e depois vender a ideia pra todos os fazendeiros da região. Já pensou que lindo? J ❤

Nos próximos posts, vou explicar como é o processo de fabricação de chá nas grandes indústrias. E você também vai poder acompanhar o passo a passo da fabricação artesanal do chá Caminho do Chá (o Yasar disse que o chá vai ter a minha marca <3).

Torçam por nós e por toda a mão-de-obra trabalhadora de Çiftepugar. ❤

vizinhos ajudantes

Os nossos vizinhos vieram ajudar a cargar o caminhão. ❤

*A quantidade de temporadas pode variar de acordo com a temperatura do ano. Se o ano for mais quente, o inverno é mais curto, e os arbustos de chá ficam adormecidos por menos tempo. Assim, é possível colher chá em quatro temporadas. Se o ano for muito frio, pode ocorrer de ter apenas duas temporadas de colheita.